Capa: Ana Leonor Morais dos Santos (2016) A Natureza da Acção. Communication  +  Philosophy  +  Humanities. .
A Natureza da Acção

by Ana Leonor Morais dos Santos

Collection: Ta Pragmata - Practical Philosophy Books
Series:
Year of edition: 2016
ISBN: 978-989-654-309-9


Download PDF - 2568 KB


Synopsis

Tentar compreender o ser humano é uma tarefa comum à filosofia e à ciência, ainda que ao intento comum raramente corresponda uma comunhão de respostas. Contrariando um paralelismo sem intersecções, esta obra procura afirmar a pertinência de uma abordagem dialógica que possibilite uma teoria completa da acção. Num enquadramento assumidamente naturalista, pretende-se que a natureza em nós não nos desprestigia ou diminui na nossa complexidade existencial. Ao contrário, ilumina alguma dessa complexidade ao mesmo tempo que incita ao questionamento. Deste modo, acompanhando o interesse da neurobiologia por questões tradicionalmente filosóficas, é feita uma incursão pela dimensão natural da acção num tríptico considerado essencial no que ao agir diz respeito: o querer, o sentir e o ser. Nessa incursão desvela-se um desenvolvimento simbiótico de estruturas neuronais e culturais, descobrem-se convergências científico-filosóficas e criam-se as bases do que poderá ser uma neurofilosofia da acção.  

Index

Prefácio - 11

Introdução - 17

Primeira Parte - Naturalismo e Filosofia da Acção - 29

Capítulo I - Naturalismo Filosófico - 31
1. Psicologismo, naturalismo e a questão do fundamento - 32
2. Epistemologia naturalizada e normatividade - 41
3. O género neo-naturalismo e as diferentes espécies - 44
4. A dita falácia naturalista e de novo o problema do fundamento - 58

Capítulo II - Acção Humana - 69
5. A teoria clássica da acção - 71
6. Por que parece tão difícil naturalizar a acção humana - 72
7. Respostas às objecções - 84
8. Neurofilosofia da acção - 110

Segunda Parte - Querer, Sentir e Ser Pessoa à luz da Neurobiologia - 119

Capítulo III - A Faculdade de Querer - 121
9. A acção vista do interior: o modelo interno da acção - 125
10. Estrutura funcional da faculdade de querer: condições necessárias e suficientes da acção - 159

Capítulo IV - Emoções e Sentimentos - 163
11. O resgatar das emoções - 163
12. Emoções e sentimentos - 171
13. Categorização das emoções-propriamente-ditas - 177
14. O mecanismo das emoções - 182
15. Entram em cena os sentimentos -  190
16. O papel e o valor das emoções - 194

Capítulo V - A Identidade Pessoal - 205
17. Acção, identidade pessoal e neurociências - 205
18. Que é ser pessoa - 206
19. Como se constrói a identidade pessoal - 210
20. Deliberação e identidade pessoal - 218

Conclusão - 227

Bibliografia - 237

Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior