Capa: Joaquim Paulo Serra  (2007) Manual da Teoria da Comunicação. Communication  +  Philosophy  +  Humanities. .
Manual da Teoria da Comunicação

by Joaquim Paulo Serra

Collection: LabCom Books
Series: Communication Theories
Year of edition: 2007
ISBN: 978-972-8790-87-5
Price of the print edition: € 15   Order


Download PDF - 2257 KB


Synopsis

A “comunicação” assumiu um lugar tão central nas nossas sociedades que se tornou corrente a afirmação de que vivemos em plena “sociedade da comunicação”; uma tal expressão tornou-se mesmo tema de Congressos dos cientistas da comunicação.
Porque é que a nossa sociedade se tornou uma sociedade de tal forma “conquistada pela comunicação” que, quer individual quer colectivamente, nos encontramos submetidos a uma verdadeira “obrigação de comunicação”?



Index

Introdução  1
I Questões epistemológicas   7
1 O estatuto epistemológico das ciências da comunicação    9
1.1 Origens e institucionalização dos modernos estudos de comunicação    9
1.2 As três fontes dos estudos de comunicação 16
1.3 O campo espistémico das ciências da comunicação 22
2 A Teoria da Comunicação no campo das ciências da comunicação    33
2.1 A multiplicidade das teorias da comunicação  33
2.2 Paradigmas e teorias 35
2.3 Ciências paradigmáticas e ciências multi-paradigmáticas 38
2.4 Paradigmas da comunicação 41
2.5 A heterogeneidade dos fenómenos comunicacionais  46
2.6 O lugar da Teoria da Comunicação    49
II Teoria da Comunicação 59
3 A comunicação como problema 61
3.1 O século XX e a emergência da “questão comunicacional” 61
3.2 Breve história dos estudos de comunicação 63
3.3 As duas grandes noções de comunicação 69
3.4 A sociedade actual como “sociedade da comunicação” – sentido e problematização do conceito 73
4 Caracterização genérica do fenómeno comunicacional 77
4.1 A complexidade da comunicação e a multiplicidade das suas descrições 78
4.2 Classificação dos tipos de comunicação 81
4.3 Comunicação e meios de comunicação – a Escola de Toronto 82
4.4 Comunicação e incomunicação – a “improbabilidade da comunicação” (Luhmann) 88
5 A Teoria Matemática da Comunicação 95
5.1 A crítica de Shannon ao conceito tradicional de informação 95
5.2 A informação como medida da “liberdade de escolha” da mensagem e os três níveis da comunicação 97
5.3 Informação, redundância e entropia 99
5.4 O canal e o meio – para uma tipologia dos meios 102
6 A concepção cibernética da comunicação 105
6.1 A concepção cibernética da comunicação e a crítica a Shannon 105
6.2 Do poder da informação à ubiquidade    108
6.3 A Cibernética “de segunda ordem” de Heinz von Foerster e a sua repercussão na sociologia de Niklas Luhmann     110
6.4 Feedback e meios de comunicação – a questão da interactividade    113
7 A comunicação interpessoal    117
7.1 Interacção social e mediatização    117
7.2 O papel dos sentidos na interacção    122
7.3 A “Nova Comunicação” da Escola de Palo Alto    129
7.4 A co-presença e os “encontros” (Goffman)    135
8 A comunicação de massa e os mass media    145
8.1 Da comunicação de massa como problema ao problema dos “efeitos”    145
8.2 A “era das multidões” e os mass media (Gustave Le Bon)    148
8.3 A articulação entre a comunicação de massa e a comunicação interpessoal: a teoria do twostep flow of communication    152
8.4 A realidade dos mass media (Niklas Luhamnn)    162
9 A comunicação mediada pela Internet    169
9.1 Internet e teoria da comunicação    169
9.2 As visões utópicas sobre a Internet    171
9.3 Paradigmas da comunicação na Internet    177
9.4 A web e a publicação universal 183
Bibliografia    189

Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior